Ministério Público investiga fraudes e desvios em eventos públicos na Zona da Mata
Banner
Ministério Público investiga fraudes e desvios em eventos públicos na Zona da Mata

   Uma operação do Ministério Público de Minas Gerais, com o apoio da Polícia Militar, cumpriu nessa terça-feira (21) 16 mandados de busca e apreensão em cidades da Zona da Mata, por suposta fraude e desvio de recursos públicos em licitações para eventos festivos.

   Segundo dados do MPMG, as investigações derivam de uma operação do ano passado, denominada Caça Talentos, quando também foram investigadas ocorrências de fraudes em municípios do Espírito Santo, terminando com um empresário e um funcionário público presos.

   Nas investigações deste ano, estão sendo averiguadas irregularidades nas cidade de Pedra do Anta, Viçosa, Ponte Nova e Visconde do Rio Branco, todas da Zona da Mata. Entre os materiais apreendidos estão documentos, equipamentos e materiais de informática, que podem conter elementos que auxiliem nas investigações.

   Quatro promotores de Justiça e 59 policiais militares se envolveram na ação desta semana. O MPMG não tem informações de pessoas presas ou investigadas e nem de onde exatamente as apreensões foram feitas.

  Outro lado

  A prefeitura de Viçosa informou, em nota, desconhecer qualquer investigação nesse sentido e ressaltou que não recebeu nenhum pedido de informação ou esclarecimento de nenhum órgão a respeito do assunto. A administração de Ponte Nova também afirmou desconhecer a investigação.

 Já a Prefeitura de Pedra do Anta informou em nota que a investigação não recai sobre qualquer ato da gestão do atual prefeito João Batista Viana, "podendo a atual administração informar somente que, atendendo requisição, encaminhou ao Ministério Público Estadual cópia de processos licitatórios referentes aos anos de 2013 a 2016, tendo por objeto a realização de eventos públicos festivos".

   A reportagem também tentou contato com a administração de Visconde do Rio Branco, mas até o momento ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Daniele Franco / Jornal Hoje em Dia

 
Banner
 
Banner
Banner
Banner

Notícias da TV

Banner
Banner
Banner

Reflexão do Dia