Abatedouro de porcos já interditado continuava funcionando
Banner
Abatedouro de porcos já interditado continuava funcionando

     Um homem foi preso no início deste mês (06/09)  por desrespeitar ordem do Ministério Público, que interditou um  abatedouro de porcos   na zona rural de Faria Lemos. O abatedouro foi interditado por estar funcionando irregularmente.

    A fim de esclarecer se o responsável pelo “abatedouro” estaria respeitando a ordem de interdição do abate de porcos,   a Policia Militar do Meio Ambiente de Carangola compareceu onde funcionava a suinocultura e constatou que o abatedouro estava novamente em funcionamento mesmo diante da ordem do Ministério Público.

   Durante diligências no local, policiais apreenderam grande quantidade de carne inapropriada  para o consumo.

    O responsável pelo abatedouro  foi preso em flagrante e apresentado a autoridade policial na Delegacia da Polícia Civil de Carangola, onde foram tomadas  as providencias cabíveis. 

    A carne dos animais abatidos  foi levada  para o descarte no aterro sanitário de Faria Lemos.

Jornal O Campeão 

 

 

 

 

 

 
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Reflexão do Dia