Primeira mulher a se candidatar à Presidência do Brasil é de Carangola
Banner
Primeira mulher a se candidatar à Presidência do Brasil é de Carangola

   O Brasil teve 7 eleições para presidente desde a redemocratização. Ao todo, 53 pessoas se candidataram ao cargo entre 1989 e 2014. O G1 apurou o paradeiro destas pessoas. O levantamento considerou apenas os candidatos à Presidência que tiveram votos contabilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Candidaturas indeferidas ou desistentes não entraram na conta.

Foto Reprodução/Youtube - Programa eleitoral de Livia Maria Pio Abreu, candidata à Presidência em 1989 pelo extinto PN 

   Dentre os ex-candidatos encontrados está a Carangolense senhora Livia Maria Pio de Abreu, a qual foi candidata em 1989, do extinto Partido Nacionalista (PN). Ela foi a primeira mulher a disputar a Presidência da República na história do Brasil e terminou a votação em 16º lugar – eram 22 postulantes.

   Mineira de Carangola, a avó de 12 netos vive hoje em Brasília como aposentada do Banco do Brasil. “Gosto de fazer poesias e estar com a família”, disse. Livia Maria não concorre a nada em 2018, mas garante que continua ativa na política.

   Fã do ex-presidente Juscelino Kubitschek, morto em 1976, a aposentada tentou reunir assinaturas para fundar uma sigla antes das eleições deste ano, mas não conseguiu. “Mas ainda tenho propostas nacionalistas para o país”, diz. “Só não fui candidata porque meu partido não ficou pronto”, afirma Livia.

   Carangola continua sendo uma cidade de pessoas surpreendentes, exportando cidadãos de coragem, altivez e capacidade. Fica mais esta marca de Carangola, como sendo o município da primeira mulher a se candidatar à presidência do Brasil. Carangola, cidade de mulheres fortes e destemidas!

Portal G1 / Informações adicionais Carangola Noticias  

 

 

 

 
Banner
 
Banner
Banner
Banner

Notícias da TV

Banner
Banner
Banner

Reflexão do Dia